terça-feira, 24 de abril de 2018

Área do cérebro é responsável por ignorar notícias ruins, aponta estudo.





"Região frontal do cérebro atua no preconceito contra eventos adversos.

Ao formar crenças e valores, a maioria das pessoas tende a incorporar notícias boas e a ignorar as ruins. Agora, um novo estudo internacional descobriu que uma região específica do cérebro é responsável pelo preconceito contra tudo o que é negativo.

Os resultados estão descritos na revista 'Proceedings of the National Academy of Sciences' (PNAS), da Academia Americana de Ciências.
Esse comportamento inerente ao ser humano é capaz de reduzir o impacto social de informações desfavoráveis, mas, por outro lado, acaba gerando 'bolhas de otimismo', como a que estourou no sistema financeiro mundial em setembro de 2008. Antes de a crise vir à tona, economistas e analistas de vários países haviam ignorado diversos sinais de que o mercado imobiliário dos EUA entraria em colapso, levando a um efeito dominó no restante do globo.

A pesquisadora Tali Sharot e colegas – da University College de Londres, da Universidade da Pensilânia, nos EUA, da Universidade Livre de Berlim e da Universidade Humboldt de Berlim, na Alemanha – avaliaram 30 voluntários saudáveis, divididos em três grupos. Eles foram submetidos a uma estimulação magnética transcraniana, método não invasivo e indolor que aplica ondas eletromagnéticas no cérebro.

Os cientistas descobriram que uma área chamada 'giro frontal inferior' (IFG, na sigla em inglês), localizado na parte da frente da cabeça, pode estar envolvida na assimilação de coisas boas e na rejeição das ruins.

A região foi estimulada e, depois, os autores pediram aos participantes para estimarem a probabilidade de experimentar 40 eventos adversos na vida – desde um roubo de carro até uma doença de Alzheimer. Após as respostas, os indivíduos ficaram sabendo da probabilidade média de aquelas situações acontecerem a uma pessoa com perfil socioeconômico parecido ao deles.

Em seguida, os voluntários foram solicitados a recalcular a estimativa, e os pesquisadores observaram que aqueles que receberam estímulos no lado esquerdo do IFG apresentaram uma tendência maior a incorporar notícias ruins em suas crenças, enquanto os que receberam estimulação na parte direita ou fizeram parte do grupo de controle mostraram o comportamento típico.

Apesar disso, interromper a parte esquerda do IFG não alterou processos como o aprendizado e a tomada de decisões, segundo os autores."

Fonte: G1


*Pesquisa e arte; Vitória de Cássia  

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Você Sabia que criatividade e talento não se separam.








   "Designer cria linha de pregadores de roupas inspirada em acrobatas."

              Utensílio visa deixar tarefas domésticas menos entediantes
Fazer o trabalho doméstico muitas vezes pode ser um tanto entediante. Pior ainda se não pudermos contar com adereços que contribuam para deixar as tarefas diárias um pouco mais divertidas. O simples ato de pendurar as roupas no varal, por exemplo, pode se tornar uma atividade menos maçante graças aos pregadores Pegzini Family.

Produzido pelo designer Oded Friedland, criador da Monkey Business, o conjunto de pregadores é inspirado em cinco acrobatas que parecem se equilibrar no varal enquanto seguram suas roupas.
Um kit com cinco peças saem aproximadamente R$ 34. As encomendas podem ser feitas aqui."

Fonte: Redação da Revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios


*Pesquisa e arte:Vitória de Cássia 

domingo, 22 de abril de 2018

Livro: Geração de Valor 3




Bem, vou compartilhar mais um livro que faz você resolver sair ‘’ da zona de conforto’’ e começar a planejar sua próxima viagem para a conquista das suas realizações pessoais e profissionais.

Não, não. Não é nenhuma receita de bolo ou ‘’encantaria‘’ este livro ‘’Geração de Valor 3 – E só o começo‘’, de Flávio Augusto da  Silva, que foi lançado pela editora Buzz.

O livro é todo ilustrado, deixando agradável cada página virada, além de muita experiência profissional e de vida, compartilhado pelo escritor.

O que compartilhar por aqui? Bem, gostaria de muitaaaaaaaaaas reflexões, mas vou me contentar(rs) com algumas frases bem reflexivas e cheias de sabedoria e incentivo.
Pois bem, espero que você possa ler o livro na íntegra. Ok?

Vamos lá!

ü ‘’TODA mudança, um dia, começou com uma decisão. Na falta dela, restam apenas as justificativas’’.

ü ‘’Suas conquistas não dependem da opinião dos outros’’

ü   ‘’Invista naquilo que você faria de graça pelo resto da vida’’

Dica de leitura!Vale a pena ler na íntegra! 

Bjs,
Alda de Cássia


*Imagem: Saraiva 

sábado, 21 de abril de 2018

O amor de uma mãe em forma de criatividade




O nosso blog é diversificado. Falamos de livros, revistas, músicas, filmes, contamos nossas experiências, deixamos recados, sugerimos dicas, enfim... um pouco de tudo. Então, hoje tive vontade de compartilhar mais uma história que nos encantou. A história de uma mãe que não mediu esforços para dar vida aos alimentos saudáveis que ela oferece ao seu filho.
O título é "Mãe transforma comidas saudáveis em obras de arte para crianças". A mãe chama-se Laleh Mohmedi e seu filho é Jacob.
Tudo começou em uma certa manhã, ao transformar as panquecas em um leão. E assim surgiu Jacob’s Food Diaries, página onde a mãe compartilha todo seu talento e carinho em seus pratos inspirados em personagens infantis.
Vou inserir apenas algumas imagens para você perceber que talento, criatividade e amor ao seu filho ficam registrados em cada prato que ela faz. Em seu site oficial é possível encontrar algumas de suas inspirações diárias.
Vou deixar o link (https://bit.ly/2qPdClZ), aqui, para você ver na íntegra a reportagem e algumas fotografias dos pratos artísticos de Laleh Mohmedi.

Bjs,
Vitória de Cássia 

Fonte e ilustração: Yahoo Vida e Estilo
Reprodução/Instagram @jacobs_food_diaries

Pesquisa: Vitória de Cássia 

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Pode ser tarde demais.






Ontem, quando estava retornando para casa, vi a seguinte cena: Pai caminhando ao lado do filho, mas por incrível que pareça, eles pareciam indiferentes à presença do outro.

Sim, eles estavam lado a lado, mas incomunicáveis afetivamente. Seriam pai e filho? Ou seriam padrasto e enteado? Bem, via na criança o rosto do seu pai mais novo.

O que senti? Bem, vou contar em um conto e espero que você compreenda.

Vamos lá!

Pode ser tarde demais.

Era uma vez, um rapaz que resolveu sair de casa em busca de emoção. Não queria mais ficar em casa. Estava cansado de regras e de limites. Não pode isso. Não pode aquilo. Ele achou que não dava mais para aceitar e no meio da noite saiu. Passou uns dias na casa de um amigo. Acordava tarde e dormia tarde, até que a mãe do Pedro disse para ele voltar para casa, pois ela não o queria por lá.

O argumento foi que ele era uma péssima influencia para o filho. O que ele fez? Foi embora sem olhar para trás. Ele se sentiu humilhado e saiu com lágrimas nos olhos.

Nunca sua mãe o tratou daquela forma, mas era tarde para voltar para casa. Ele assim resolveu caminhar, até que viu uma cena que o deixou muito triste. Ele viu um rapaz de estatura mediana gritando com uma senhora. Não conseguiu ver o rosto da senhora, pois ela segurava uma sombrinha na mão direita e estava de costa para ele.

Após alguns minutos, ele percebeu que o rapaz estava prestes a agredir a senhora. Então, ele correu o mais rápido que pôde, mas não chegou a tempo de impedir a tragédia.

Era tarde demais. A senhora no chão já sem vida e o pior foi constatar que ela era a sua mãe e o rapaz o seu irmão mais novo, que naquele momento chorava copiosamente em seus braços.

Foi tarde demais! 



Bjs,
Alda de Cássia

*Imagem: Um mundo diferente 

quinta-feira, 19 de abril de 2018

As competências do marketing pessoal




Confira as características que irão fazer a diferença na hora da divulgação do produto chamado você.

Quando se fala de marketing pessoal é comum que se concentre em fatores externos - como a aparência e postura dos indivíduos - como sendo o fator preponderante para distinguir aqueles que fazem ou não marketing pessoal.
Esses fatores são importantes, mas somente eles não garantem o sucesso dessa ferramenta de alavancagem da carreira profissional e das relações sociais.

É preciso lançar uma visão mais humanista sobre o marketing pessoal. Por meio dela o ser humano pode associar suas habilidades pessoais de personalidade - o conteúdo interno - a técnicas eficazes de divulgação de si mesmo - o fator externo.

Neste contexto, cinco competências são fundamentais para a realização do marketing pessoal a partir dessa abordagem. Confira a seguir.

Empatia - É a capacidade do ser humano de se colocar no lugar do outro. Segundo Jacob Levy Moreno, criador do Psicodrama, todo indivíduo passa por diversas fases no desenvolvimento de sua estrutura de personalidade e pode-se dizer que atinge a maturidade psicológica quando consegue "inverter papéis", ou seja, usar da empatia.

Dicas

Exercite-se no seu dia-a-dia imaginando como seria enfrentar os desafios de:
  • Ocupar o cargo do seu chefe ou subordinado;
  • Atender ao público como um caixa de banco em dia de grande movimento;
  • Fazer a faxina no escritório depois de um dia de trabalho;
  • Dirigir no trânsito caótico por profissão, etc.
Após este exercício, passe a agir como gostaria de ser tratado em cada uma dessas situações. Certamente todos os envolvidos passarão a respeitá-lo muito mais do que de costume.

Simpatia - Antigamente, dizia-se que a educação abre portas e que a simpatia é um dos melhores canais de acesso ao sucesso profissional e pessoal. As pessoas em geral gostam de quem as tratam bem.

Dicas
  • Seja cordial, afetuoso, entusiástico e "educado". Isto é fundamental para garantir uma imagem positiva entre as pessoas de seu relacionamento;
  • Ações simples como um cumprimento, um sorriso, um abraço ou um olhar podem garantir pontos importantes para o seu marketing pessoal.
  • Aja com simpatia e lembre-se sempre das "palavras mágicas": bom dia, obrigado, com licença e desculpe.

A alegria é um poderoso antídoto contra o estresse e contagia todos que estão por perto. Afinal, você conhece alguém que procurou um namorado ou namorada que fosse emburrado, pessimista ou desanimado? Claro que não! O ser humano gosta e precisa de energia positiva para viver bem.

Comunicação - Neste item há dois pontos a destacar: falar corretamente e vencer a barreira da timidez e do orgulho. Ter uma comunicação impecável é crucial para qualquer profissão e mais ainda quando se trata de garantir uma boa imagem diante do seu cliente, chefe ou até mesmo parceiro ou parceira. Para isso, é fundamental adequar a linguagem para cada situação, pois só assim é possível se sobressair em meio ao padrão que assola a maioria das pessoas nas corporações. O outro ponto importante é fazer com que as pessoas saibam quem é você e o que tem a oferecer, ou seja, vencer a barreira da timidez e do orgulho. Há um famoso ditado que diz: quem tem boca vai a Roma. À medida que compartilha com os demais seus planos, idéias, projetos e sonhos, você está abrindo a possibilidade de eles fazerem parte e até mesmo ajudarem a concretizá-los. As pessoas querem participar, mas para isso precisam saber. Portanto, comunique!

Dicas
  • Estude;
  • Leia revistas, livros e jornais;
  • Participe de cursos sobre oratória;
  • Aprimore ao máximo sua capacidade de falar corretamente para cada público e situação;
  • Comunique seus planos, idéias, projetos e sonhos.
As pessoas querem participar, mas, para isso, precisam saber que você precisa ou gostaria da ajuda delas. Com isso você estará abrindo a possibilidade de eles fazerem parte e até mesmo ajudá-lo a concretizar seus projetos.

Ter conteúdo - De nada adianta ser um ótimo comunicador e agir com simpatia se não tiver efetivamente conteúdo. É muito importante ter o que dizer, possuir conhecimento, mostrar a que veio e transmiti-lo de forma natural. Nos últimos tempos, parece que a sociedade foi assolada por "carinhas bonitas", mas que não têm nada a dizer, não transmitem absolutamente nada e assim passam despercebidas. Estas pessoas estão nas empresas, na mídia, na política, nas rodas de amigos, enfim, em todos os lugares onde é possível fazer "cara de conteúdo". A verdade é que as pessoas se lembram daqueles que transmitem segurança, que consolidam sua imagem, sua presença através de opiniões claras, idéias firmes ou, simplesmente, porque estão ligadas no que está acontecendo ao seu redor e têm o que exprimir com assertividade. Para ter conteúdo é imprescindível aprimorar o hábito da leitura, diversificar o acesso às informações, ampliar o contato com as diversas formas de cultura, participar de eventos da sua área de interesse e também de outras áreas diferentes, viajar e freqüentar grupos diferentes.

Apresentação pessoal - Por fim, o cuidado com a aparência também é fator essencial para a realização do marketing pessoal e profissional. Para isto é fundamental o bom senso. Conheço pessoas que possuem boas roupas, muitas vezes de grife, mas não conseguem fazer uma combinação razoável. Ora pecam nos tons, no tecido, no design, ora nos acessórios. Saber adequar a vestimenta para cada situação sem perder o estilo é das tarefas mais difíceis e, muitas vezes, pode ser necessário o apoio de um profissional especializado.

Há alguns fatores que você deve considerar na hora de escolher a roupa ideal:
O tipo de evento ou compromisso que irá participar: se é formal ou informal. Na dúvida, opte pelo formal, pois é mais fácil partir da formalidade para a informalidade do que o inverso, muitas vezes retirando ou mudando apenas uma peça do traje.
Tons e cores: os tons mais claros são recomendados para pessoas mais jovens e durante o dia. Já as cores merecem um cuidado especial com relação à moda, pois nem sempre o que está na moda cabe para você. Um bom exemplo são o vermelho e o pink .

Padrões e texturas: saiba adequar as peças e tome cuidado com babados, decotes, listras, veludo, roupa curta ou longa demais.

Idade: não tente aparentar mais ou menos idade do que possui por meio da roupa e acessórios. Você corre o risco de passar ridículo e ser gozado por todos.

Seu tipo físico: a moda de passarela é feita para pessoas muito magras, então, tenha atenção para se vestir de acordo com seu porte e medidas. Evite roupas apertadas ou largas demais, pois transmitem uma idéia de desleixo.

Com essas informações, já é possível praticar corretamente seu marketing profissional e conquistar pontos positivos na sua carreira. Vale lembrar que tudo isto também se aplica na vida pessoal. Sucesso!

Autor: Rogerio Martins é psicólogo, consultor de empresas, palestrante, especialista em Liderança e Motivação e sócio-diretor da Persona Consultoria & Eventos.

Fonte: Sua Carreira / Sucesso Profissional / empregos.com.br

 * Pesquisa :Vitória de Cássia 

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Motivação: necessário para a empresa; fundamental para o Profissional





"Com profissionais motivados, todos ganham: o profissional, o ambiente de trabalho e os resultados da companhia."

 
"Vivemos na era do conhecimento e da valorização humana. Independente do porte ou da área de atuação, está cada vez mais claro que empresas são feitas por pessoas e que é preciso valorizá-las. De nada adianta um produto muito bem elaborado tecnicamente, com uma engenharia de ponta, se, na hora da venda ou de um contato com o consumidor, o colaborador não souber valorizar toda a inovação do produto. E para conseguir profissionais empenhados no emprego, além de muito treinamento, é preciso estratégias direcionadas para o incentivo e o reconhecimento da capacidade individual e da integração entre em equipes. Com profissionais motivados, todos ganham: o profissional, o ambiente de trabalho e os resultados da companhia.
As campanhas de motivação estão em toda a parte. Trata-se de um mundo silencioso capaz de mover profissionais e grandes companhias rumo ao sucesso. Porém, para atingir o resultado alcançado, é necessário envolvimento e engajamento das duas partes envolvidas: empresas e profissionais.
A iniciativa deve e precisava vir do mundo corporativo. Mesmo em pequenas empresas, é simples e fácil organizar ações direcionadas à motivação. Vale ressaltar que, mais importante do que uma grande recompensa final, é a criação de uma cultura de reconhecimento dentro da corporação. Todos precisam saber do comprometimento da empresa com os seus colaboradores.

Metas
É preciso definir metas que sejam factíveis, porém não tão fáceis que possam ser consideradas banais. As metas servem para guiar o colaborador em seu emprego. Cada profissional precisa e deve saber para onde caminha a empresa e qual a sua importância para ajudá-la nesta trajetória. As metas sinalizam a direção para onde todos devem olhar.
Com metas claras e bem definidas, é possível criar campanhas direcionadas. Claro que o salário mensal já é o grande motivador dos colaboradores. Porém, se há uma campanha ou uma meta específica que se deseja atingir, nada mais válido que haver uma recompensa pelo empenho extra e pelo engajamento do profissional. Em todas as companhias e nas mais diferentes atividades, os profissionais querem e precisam se sentir parte do processo. As campanhas de reconhecimento exercem esta função e ajudam a criar no colaborador a sensação de que reconhecer o bom desempenho faz parte da cultura da companhia.
Por outro lado, de nada adianta a iniciativa da empresa se o colaborador não estiver disposto a participar. O engajamento e o interesse são individuais. O que a companhia precisa fazer é descobrir o que, de fato, ajuda a motivar a sua equipe. Mesmo para profissionais de vendas, onde os maiores interesses estão nas comissões financeiras, é possível criar campanhas lúdicas que envolvam os profissionais em uma nova atmosfera. O necessário é identificar estas oportunidades e demonstrar que a companhia, independente do porte e do setor, está atenta às necessidades e ao bom desempenho dos seus profissionais e sempre irá criar maneiras diferentes e criativas de reconhecer o trabalho desempenhado.
É como se, a cada momento, as empresas buscassem maneiras diferentes de dizer três expressões mágicas: "Você consegue", "Parabéns" e "Muito Obrigado". Na era do reconhecimento humano, buscar formas de se expressar deve fazer parte de toda a companhia que busca a excelência em sua área de negócio."

Autora: Sueli Brusco é diretora de serviços da SimGroup, especializada em comportamento humano e programas de reconhecimento. Também é socióloga e psicóloga, especialista em Programação Neurolingüística, psicodrama, psicologia comportamental, marketing pessoal, marketing político e automotivação. É oradora motivacional de cursos e workshops sobre Desenvolvimento da Inteligência Emocional.

Fonte: Sua Carreira / Sucesso Profissional / empregos.com.br


 *Pesquisa e arte ; Vitória de Cássia